{ do enloucrescer }



hoje enloucresci
perfumei-me com o orvalho da manhã
enfeitei-me de margaridas e ternuras
vesti-me de borboletas e arco-íris
calcei um par de nuvens de ilusão
e saí bamboleando


pode ser que encontre
quem enloucresça comigo
.

Fernanda Maria




 (...)
Se você não tem namorado é porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando duzentos quilos de grilos e medos, ponha a saia mais leve, aquela de chita e passeie de mãos dadas com o ar.
Enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperança.
De alma escovada e coração estouvado, saia do quintal de si mesmo e descubra o próprio jardim.
Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem passe debaixo de sua janela.
Ponha intenções de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada.
Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta e do céu descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a dizer frases subtis e palavras de galanteria.
Se você não tem namorado é porque ainda não enlouqueceu aquele pouquinho necessário a fazer a vida parar e de repente parecer que faz sentido. 

 ENLOUCRESÇA !

Artur da Távola , Amor A Sim Mesmo.

Comentários

  1. Boa noite querida amiga elou..crescer na subtileza do amor que nos faz sentir toda a leveza da vida ,maravilhosos momento que escreveu como o que delicadamente partilhou ,adorei com certeza a imagem muito bela ,querida amiga desejo-lhe um abençoado domingo ,muitos beijinhos no coração.

    ResponderEliminar
  2. Boa noite!
    Que belo poema juntamente com uma imagem maravilhosa! Amei


    Beijinhos, bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Um belíssimo texto, muito bem ilustrado. Um post perfeito.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  4. Belo seu poema e bela parte do texto de Artur da Távola!
    Mas eu adorei também, esse cachorro, Fernanda!!rs
    Beijo, amiga. Bom domingo pra você.

    ResponderEliminar
  5. Já estou a vislumbrar sinais estéticos, próorios da tua natureza...
    A ilustração está muito interessante e o poema bem inspirado...
    Um texto de ajuda muito belo...
    Por aqui tivemos temporal, não dava nem para sonhar com passeatas
    amorosas/insinuadoras/conquistadoras...
    Bom Domingo, querida amiga.
    Abraço.
    ~~~

    ResponderEliminar
  6. eheh... O texto de Artur da Távola está uma delícia e a tua "adesão" ao seu desafio, melhor ainda e perfeitissimamente ilustrada com essa foto incrível ! Impossível não rir com aquela "figura" ! rsrsrs
    E porque não aderirmos todos e tentarmos "enloucrescer" como ele e tu ?...
    Acho que, de um "enloucrescimento" do género, todos precisamos de vez em quando ! eheheh
    Desfazer as "amarras" , calçar uma nuvem e deixarmo-nos voar, bamboleando por aí ! :))
    ... Espera por mim, que eu já te apanho ! rsrs

    Beijinhos, Fernanda Maria. :)

    ResponderEliminar
  7. É isso Fê,vamos "Enloucrescer"como diz Artur da Távola!
    Fazer tudo que nos deixa mais feliz.
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  8. Querida Fernanda,

    Belíssimo este teu novo espaço; o nome do blog, a música (adoro...) e
    este presente da tua expressividade poética de excelência, originalidade
    e limpidez textual, todas próximas ao "toque do coração" e para serem
    guardadas na memória da alma!...

    Quanto ao "enloucrescer", deixar a criança interior
    na liberdade da inspiração sublime.
    Esta imagem (as outras também...) é (são) encantadora(s)!!
    Parabéns e adorei este teu espaço.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Bonitos poemas :)
    Esperança...sempre...
    beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Fernanda, fiquei encantado com a sua poesia.
    Parabéns pelo talento que as suas palavras revelam.
    Já a sigo (para não me perder...).
    Boa semana, beijo.

    ResponderEliminar
  11. Belíssima edição, Fernanda. Parabéns.
    Já agora:

    umas calças a preceito e com jeito
    abusa no descaramento: toca-lhe no mento
    dá-lhe uma flor colorida anima-lhe a vida.
    Se nada que se quebrar beija...

    Foi mais ou menos assim
    que eu joguei e... acertei
    num Carnaval que sei.

    ResponderEliminar
  12. A minha mulher (namorada) já me cravou para cozinhar amanhã.
    Um jantar especial
    Abrir umas latas de atum não seria muito romântico, pois não?? :)))
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar

  13. Ah!... adorei o "enloucresci".
    Nada melhor do que encontrar alguém que enloucresça com a gente. E, para isso, é necessário se mexer, né??
    Também amei a construção: "calcei um par de nuvens de ilusão" (imprescindível para enloucrescer-rs).
    Não conhecia este texto do Artur da Távola. Sensacional!
    A imagem é uma fofura e bem pertinente-rs.

    Linda postagem, amiga!

    Feliz semana!

    Beijo.

    ResponderEliminar
  14. Que ideia tão feliz essa de "enloucrescer". :)

    ResponderEliminar
  15. Com a beleza e a criatividade a que nos habituaste!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  16. Cara Amiga Fê ...Este seu novo Espaço, é o eco da cintilância do seu Ser, fazendo ressaltar a magia da sua singular criatividade. Muitos Parabéns.

    ResponderEliminar
  17. Que post gostoso!
    Me vi na magia do Artur da Távola - lindo demais!!!
    A imagem nem preciso dizer né? Amo "peludos" e adoro essa foto pq me lembra minha Cocada.

    Abraços esmagadores e feliz dia.
    Márcia.

    ResponderEliminar
  18. Simplesmente maravilhoso, este post!... :-D
    E a partir de hoje, este novo verbo vai constar no meu dicionário... de vida...
    Desconhecia por completo, Artur da Távola...
    Beijinhos! Feliz dia!... Com muito amor!...
    Ana

    ResponderEliminar
  19. Tudo muito lírico por aqui, uma delícia.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  20. Deixe-me enloucrescer consigo. Adorei o poema!

    ResponderEliminar
  21. Ai,prima eu tento enlucrescer cada dia...Mas às vezes é difícil
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  22. A noite era negra
    A rua bem escura
    Os passos incertos
    Despiu-se
    Abriu-se uma porta
    Brilhou uma luz
    O amor abraçou-a

    ResponderEliminar
  23. E assim vou aprendendo novas palavras :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Bom dia Fê!
    Fiquei muito feliz com seu recadinho sobre tricoterapia!
    O tricot e o crochet para mim tem sido muito bom,a reportagem sobre meditar enquanto tricota é a mais pura verdade!
    É um exercício que faço todos os dias...
    Interessante, percebi que depois de aprender algo novo, já quero fazer algo mais difícil,uma peça mais elaborada!
    Sem saber dessa reportagem, sempre que alguém me diz que está deprimida, sem ânimo na vida já recomendo o tricot-crochet.kkk, acho que é instintivo!
    Fê, muito obrigada pela dica, vou pesquisar mais e colocar no meu blog, assim mais pessoas podem se interessar por essa arte.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

o melhor lugar para tocar alguém será sempre o coração.

obrigada por estarem desse lado.

bem-vindos !

Os tempos actuais não têm sido fáceis em todo o mundo, mas é importante lembrar que mesmo no meio de tantas notícias tristes, sempre encontramos actos de solidariedade, bondade e amor ao próximo. Por isso, escolhi esta canção com votos de esperança num mundo melhor.