{ das lágrimas }

“Os meus olhos mostram o que pensa o coração.”

― Fernanda Maria


tenho que lhe mandar uma mensagem
preciso de saber se está tudo a correr bem
...
mas ela não me pode responder
está no outro lado do mundo
... 
Quando não compreendemos a dor, ela nos dilacera. Quando entendemos seus fins, ela nos aperfeiçoa.
Provérbio Chinês
(uma ideia ilumina-me o pensamento)
 ela consegue sempre resolver estas situações
vou perguntar-lhe
como devo fazer
 ...
dirijo-me para o seu quarto
abro a porta
...
a secretária está vazia
o quarto está vazio
eu estou vazia
...

acordo (deste pesadelo) lavada em lágrimas

.


(o tempo vai passando, mas esta imensa saudade teima em não passar)



FM


foto de  Xishuangbanna (ou Sibsongbanna, prefeitura autónoma na província de Yunnan, China

Comentários

  1. LINDO e essa águinha rolando ,uma delícia! As saudades que não acostumamos, a falta de quem amamos! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Essa falta que fica na saudades apenas saudades!
    A música acalenta nossos corações.
    Bjs Fê e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  3. Temos que aprender, com a sabedoria milenar do povo chinês e entender a nossa dor
    - de mães que vivem longe dos filhos - para que ela não nos dilacere, querida Fernanda Maria.
    As lágrimas lavam a alma e purificam-na, deixa-as correr, livremente.

    Um beijinho enorme e votos de bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  4. Fantástico... Maravilhoso e saudoso. Amei

    Beijo, bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  5. Tu estás bem ciente de que "se não compreendes essa dor, ela te dilacera", mas "se entendes os seus fins, ela te aperfeiçoa" !
    Tenho perfeita noção que, mesmo entendendo os fins, a saudade não passa e esse vazio se acentua ! :(
    Quanto custarão essas lágrimas do coração !!?... e quanto gostaríamos (todos os teus Amigos) de ajudar a atenuá-las !!!
    Como te compreendo, Amiga e quanto estou solidário contigo ! ...

    Um Grande Grande Abraço, Fernanda !

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde, querida Fê!
    Seus poemas têm alma... banhar-se em lágrimas é para os fortes de coração, almas sensíveis...
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  7. Minha querida, bonita forma de transmitires a dor que invade o coração de mãe. Deve ser muito triste estar longe de quem se ama principalmente quando não se tem noticias.

    Minha querida, não sei que dizer, estou muito emocionada.

    Abraço-te, sente-o.

    ResponderEliminar
  8. Prima Fê...
    Nunca vai passar... põe os olhos nesta prima tb ela mãe de um emigrante. Mesmo estando a 500 milhas para mim é como se estivesse no cabo do mundo
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  9. Boa noite querida amiga ,um momento de puro sentir contrastando com a calmaria relaxante de tão bela música ,irremediavelmente o tempo escorre por entre as mãos sem que nada se possa fazer senão ansiar na eterna saudade de a ter perto de si ,maravilhoso ,muitos beijinhos no coração.

    ResponderEliminar
  10. Aí como a saudade dilacera o nosso coração.
    Tão sentido e tão belo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  11. Ambos escolhemos a distancia
    Tu, porque ela
    é tão longe
    Eu, porque ela
    me aperta

    ResponderEliminar
  12. Fernanda ... este borbulhar combina na perfeição com um belo olhar e a alma da poetisa!
    Um fim de semana bem tranquilo!!!bj

    ResponderEliminar
  13. Uma tocante forma de diluir um pouco as saudades, Fê... simplesmente, não as fechar dentro si... e libertá-las através das suas palavras... que talvez, estejam a ser lidas... agora ou muito em breve... do outro lado do mundo...
    Coração de mãe, é assim mesmo... sempre ocupado... pelas alegrias... pela preocupação... pela saudade... pela distância... mas acima de tudo pelo muito amor que tem pelos filhos...
    As saudades são sempre o preço a pagar... por não termos perto, quem amamos... é um preço alto... mas é sinal que na nossa vida existem pessoas especiais...
    Beijinhos! E se a tal pessoa especial vai andar na nossa cabeça... o dia inteiro... levemo-la a passear e arejar, por sítios bonitos, connosco...
    Bom fim de semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  14. Esqueci-me de dizer que adorei o post... mas... acho que nem é preciso... ele fala por si...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde, sendo a saudade um sentimento forte, está sempre presente a dilacerar o coração, sei bem o que é viver permanentemente com a saudade pela pessoa que sempre amei desde que nasci.
    AG

    ResponderEliminar
  16. Os pesadelos por vezes são angustiantes.
    E a saudade é uma coisa que os pode provocar.
    Belo post, gostei.
    Bom fim de semana, amiga Fernanda.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  17. Não dará para a ir visitar?

    um beijinho e um bom Domingo
    Gábi

    ResponderEliminar
  18. Lindooo!

    http://phalto.blogspot.com.br/

    Beijo

    ResponderEliminar
  19. A saudade aperta cada dia é maior. E uma visita lá, ou dela cá? Não é possível?
    Um abraço e bom domingo.

    ResponderEliminar
  20. Fernanda, minha doce amiga, de saudade eu entendo, de lágrimas e dores, também! Existem vazios que nunca se preenchem, e nos tornam cativos de sonhos onde tudo parece não ter acontecido, onde estamos ao lado da pessoa querida, felizes como antes, e de repente acordamos e nos deparamos com a realidade. Dói muito, e por isto entendo o que deves sofrer quando o sonho nos traz promessas e o despertar nos traz a crueza da realidade. A origem da dor pode ser diferente, mas ela machuca e fere da mesma forma, a saudade pode vir vestida de outras sombras, mas mesmo assim ela se torna doída ao se instalar no coração.
    A saudade de uma mãe que tem o filho/filha distante, deve ferir os olhos de tantas lágrimas vertidas... Mas um dia haverá o reencontro e a saudade sumirá num abraço, num beijo, deixando apenas as alegrias e os sorrisos a enfeitarem os novos rumos.
    Que seja assim, minha amiga, quando a distância puder ser encurtada pelas mãos de Deus.
    Que o restinho de domingo seja de alegrias, e a semana te chegue com horas de paz iluminadas de estrelas, meu anjo!
    Leninha

    ResponderEliminar
  21. Também sei o que é isso, embora a distância não seja assim tão longe, mas falta-nos falta termos os filhos por perto !

    ResponderEliminar
  22. Olá Fernanda Maria.
    Esse vídeo dos dois gatinhos batendo nas sinetas para pedir comida, é um dos melhores.
    Também gostei da imagem e do provérbio chinês.
    A sua Moddy é uma linda gatinha, e está muito bem conservada (deve ser a boa dose de carinho que recebe de ti).
    Uma ótima semana.
    Abraços, Pedro

    ResponderEliminar
  23. ....e ficas no silêncio que semeias


    abç

    ResponderEliminar
  24. Olá Fernanda.
    Como eu lhe entendo amiga. A saudades,quarto vazio é como se tivéssemos que viver sem um pedaço nosso. Mas entre alegria,tristeza,saudade e felicidade a vida segue e vamos nós adptando as situações. Forte abraço.

    ResponderEliminar
  25. Aí! Essa saudade que aperta.
    Que faz doer esse vazio.
    Beijinhos calorosos prima

    ResponderEliminar
  26. Que belo provérbio, Fê!
    Tenho andado ausente, porque estou a viver duas vidas em 24h., a minha e a da minha mãe! Vestir, calçar, lavar, alimentar...sem ajudas...
    Não tem estado fácil! Preciso de entender a minha dor, não sei se ela entende a dela :(
    Mas cá vamos...
    Já vi que me desejou boa Páscoa :))
    beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

o melhor lugar para tocar alguém será sempre o coração.

obrigada por estarem desse lado.

bem-vindos !

Os tempos actuais não têm sido fáceis em todo o mundo, mas é importante lembrar que mesmo no meio de tantas notícias tristes, sempre encontramos actos de solidariedade, bondade e amor ao próximo. Por isso, escolhi esta canção com votos de esperança num mundo melhor.