{ do trabalho }

DECLARAÇÃO UNIVERSAL
DOS DIREITOS DO HOMEM
Aprovada pela Assembleia Geral da ONU
10 de Dezembro de 1948

 
 
Artigo 23 °
1. Toda a pessoa tem direito ao trabalho, à livre escolha do trabalho, a condições equitativas e satisfatórias de trabalho e à protecção contra o desemprego.

2. Todos têm direito, sem discriminação alguma, a salário igual por trabalho igual.

3. Quem trabalha tem direito a uma remuneração equitativa e satisfatória, que lhe permita e à sua família uma existência conforme com a dignidade humana, e completada, se possível, por todos os outros meios de protecção social.

4. Toda a pessoa tem o direito de fundar com outras pessoas sindicatos e de se filiar em sindicatos para a defesa dos seus interesses.




Há 292 mil portugueses desempregados e sem acesso a qualquer tipo de subsídio. fonte

*

O Desemprego Tem Rosto

Adilson é só um entre milhares de desempregados em Portugal

Nome   Adilson Gonçalves

Idade   25 anos

Naturalidade/Residência   Cabo Verde / Monte da Caparica

Formação   recém formado, com mestrado em engenharia electrotécnica

Última profissão   operador de call center

Há quanto tempo desempregado   janeiro de 2011

Agregado familiar   vive sozinho em apartamento partilhado com outros colegas

O que mudou na sua vida desde que ficou desempregado   “mudou tudo,já não tenho dinheiro, poder de compra. mudei hábitos de consumo e de vida, menos saídas e viagens também”
Perspectivas de futuro  “espero encontrar trabalho na minha área, que seja viável. mas também estou disposto a trabalhar em qualquer área, do modo como o país esta… (…) participei na feira do emprego em que pedem experiência profissional mas quem sai de uma faculdade não tem experiência profissional. se não aparecer nada tenho de viajar para fora do país, talvez Brasil ou Angola”

Comentários

  1. No Brasil são 14 milhões de desempregados...Triste realidade, muiiiiito triste nossa situação! Que o ADILSON e todos mais consigam trabalhar e ter uma vida digna... bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Iria dizer o mesmo que a Chica... aqui são 14 milhões!!
    É barra pesada, nada a comemorar e sim a lastimar.
    Somos 208 milhões de brasileiros!
    Haja paciência...
    Beijo!

    ResponderEliminar
  3. Há muitos desempregados aqui no Brasil e comemorar esse dia do trabalho não está nada coerente com a situação que estamos passando.
    Bjs Fê.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. Uma triste realidade Fernanda!
    Precisamos que os nossos políticos tomem medidas para que a situação não se agrave!!!
    Bj e excelente partilha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fernanda...no assar o peixe...as camadas de laranja e limão é no fundo apenas para libertar aromas pois por cima do peixe vai o azeite...sal...orégãos...pimenta e alho!
      Bj

      Eliminar
  5. Há algum tempo que a declaração universal dos direitos do homem tem vindo a ser esquecida.
    Muitos têm sido - e continuam a ser - os empresários que fazem letra morta do artigo 23.

    O ponto 4 do artigo deixou, por culpa dos trabalhadores, de ser uma referência. Sindicatos e sindicalistas são, na sua maioria, um embuste.

    Beijinho, amiga, com votos de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  6. Oi amiga!
    Aqui no Brasil o desemprego está grande, e a culpa é dos políticos que roubaram e continuam roubando do povo.
    Mas tenho esperança que com tudo que está acontecendo por aqui, vamos aprender a votar e limpar o Brasil dos corruptos!
    Abraços

    ResponderEliminar
  7. É muito triste num País como o nosso haver discriminação de idades e não só! Ou porque tem formação a menos, OU A MAIS. Ou porque já temos 53 anos e já estamos velhas para trabalhar. Como é o meu caso, desde um maldito acidente em 2009, nunca mais trabalhei.

    Beijinhos e uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  8. Infelizmente querida amiga uma realidade que nos faz reflectir no país que temos e que futuro nos dá ,tantas leis ,tantos deveres,tantas obrigações onde o trabalhador sai sempre a perder porque infelizmente não se cumpre as leis que estes enfadonhos políticos criam às quais na realidade muitas vezes não se cumprem ,beijinhos muitas felicidades querida amiga

    ResponderEliminar
  9. O problema do desemprego é uma verdadeira praga para os nossos jovens. Como podem fazer a sua vida com ordenados miseráveis ou com empregos precários ou então com a ameaça do desemprego? É muito triste!
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  10. Infelizmente a discriminação existe muito, vivo uma situação muito triste!
    A minha filhota só por ter 3 filhotes as portas dos empregos sempre se fecharam.

    Beijinho amiga.

    ResponderEliminar
  11. Belo apontamento, Fê, e muito adequado ao dia de hoje!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  12. Super adequado para hoje.
    Ironicamente eu estou a 3 semanas como numero de pesquisa, sem emprego

    beijo

    http://phalto.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  13. Olá!
    Muito triste que não sejam cumpridos, muitas vezes o mínimo, destes direitos em todo o mundo. Mas, salvo excepções, acho que o mundo é um lugar melhor do que já foi! Mas teremos sempre que perseguir a utopia!

    Bjix,
    Lina

    ResponderEliminar
  14. Declarações, intenções...
    O homem predador, ganancioso, nunca aceita os limites da decência. Quando o mal se estabelece naqueles a quem compete moderar não há volta a dar.
    Bj.

    ResponderEliminar
  15. Também aqui estamos nessa triste situação.
    São muitos desempregados e os impostos altíssimos continuam
    Desejo que o Adilson consiga a ocupação
    para a qual estudou

    bjs

    ResponderEliminar
  16. Esses números são assustadores e tristes!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  17. OI FERNANDA MARIA!
    NO BRASIL SÃO 14 MILHÕES, UM NÚMERO ASSUSTADOR, NÃO SEI ONDE IREMOS PARAR COM TODO ESTE DESMANDO E COMO DIZES AÍ TAMBÉM O NÚNERO É GRANDE. FICO PENSANDO NOS JOVENS QUE AINDA PRECISAM SE ESTRUTURAR FINANCEIRAMENTE.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  18. olá, infelizmente existe vários problemas sociais que desde 2016 tem vindo a diminuir, ao contrario do governo do aprendiz de feiticeiro apoiado pelo meu vizinho do poço de Boliqueime, o desemprego aumentou, as micro empresas fecharam portas, a serviço nacional de saúde tocou no fundo, os bancos alimentares passaram de 284 para 960, as escolas abriram as cantinas para alimentar os alunos, os benefícios ficais ás grandes empresas e os gestores aumentaram, a execução de penhoras aumentou mesmo nas pequena dividas ás finanças, os sem abrigo aumentaram, os apoios sociais diminuir e alguns foram cortados, foi tudo do melhor para os grandes empresários exploradores, arrogantes e cínicos,enquanto outros iam buscar comida ao lixo, hoje as coisas melhoram e vão melhorar, diz o povo, " que Roma e Pavia não se fez num dia".
    Boa continuação de feliz semana,
    AG

    ResponderEliminar
  19. O país não tem dinheiro para dar a todos os desempregados, infelizmente.
    Um post bem actual.
    Bom fim de semana, Fernanda.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  20. Cara Fê, já que retiram a possibilidade de trabalho, de vida aos Adilson(s)deste país, que a Determinação e a Esperança nunca lhe faltem.
    Resto de um Bom Fim de semana

    ResponderEliminar
  21. Este post, não é um toque no coração , mas uma dor no coração, sem cura à vista :(
    Se a vida fossem papéis e tratados!?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  22. A triste realidade do desemprego em Portugal... brilhantemente retratada... e uma triste realidade que aos poucos se está instalando também na Europa... a desindustrialização originou isso mesmo um pouco por todo o lado... e as condições de trabalho sofrem cada vez mais contestação a cada dia dia que passa... pois a realidade de todos os dias... dói cada vez mais, também aqueles que ainda trabalham... vendo-se a braços com cada vez menos direitos, e condições de trabalho mais precárias...
    Acredito que ainda haja um numero superior de desempregados, por cá... muitos dos quais... já deixaram de fazer parte de qualquer estatística... pois já nem estão em centros de emprego... que os obrigam a deslocações sucessivas, ou a formações... que os conduzem a lado nenhum, muitas das vezes...
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

o melhor lugar para tocar alguém será sempre o coração.

obrigada por estarem desse lado.

bem-vindos !

Os tempos actuais não têm sido fáceis em todo o mundo, mas é importante lembrar que mesmo no meio de tantas notícias tristes, sempre encontramos actos de solidariedade, bondade e amor ao próximo. Por isso, escolhi esta canção com votos de esperança num mundo melhor.